domingo, 8 de setembro de 2013

ACABANDO COM AS FÁBULAS QUE NOS FAZEM SOFRER


Introdução
Comecei série de mensagens que intitulei "Acabando Com as Fábulas que nos Fazem Sofrer".

Há fábulas (mentiras) que o mundo ensina - fábulas sobre você mesmo, a vida, futuro, e, hoje, nós vamos observar uma das fábulas acerca de Deus, pois a maneira como você vê a Deus, realmente afeta a maneira como você vê a si mesmo – você foi feito à imagem de Deus e, se você tem uma imagem distorcida de Deus, você terá uma imagem distorcida acerca de si mesmo.

Como é que Deus realmente é?
Jesus veio, destruiu todas as fábulas, os conceitos errados acerca de Deus (ensinou a pensar nEle como um Pai - usou o termo "pai" mais de 150 vezes. Ele disse: "Deus é o Nosso Pai Celestial, Ele é o nosso Pai que está nos céus..")

O problema: a palavra "pai" não é um termo positivo (elas pensam acerca de alguém afastado, distante, ou que não se interessa, ou não se importa).

Convém saber: Que tipo de Pai é Deus? Como é que Ele realmente é?

Com concepção errada sobre como Deus realmente é, você pode estar se preocupando acerca de coisas que você não precisa se preocupar, pois você não sabe como Deus é.
...sentimentos de culpa em situações nas quais não deveria ter esse sentimento.
...carregar fardos e medos que você não deveria carregar - tudo por causa das concepções erradas de como Deus realmente é.

Há fábulas comuns sobre Deus, nas quais algumas pessoas têm acreditado. Há quatro dessas fábulas: Deus é injusto; Deus é indigno de confiança; Deus não se importa comigo; e Deus é impossível de se agradar.
...se acreditar numa dessas fábulas, ela roubará muito da felicidade em sua vida.

Portanto, nesta noite quero que olhemos para uma destas fábulas e apliquemos a verdade. Vamos compará-la com o que Jesus disse sobre Deus.

Veja o que diz este verso de Jo 1.18: "Ninguém nunca viu a Deus. Somente o Filho único, que é o mesmo que Deus e está perto do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus."

Agora, vamos então olhar para a primeira daquelas fábulas:

"DEUS É INJUSTO." 
Até mesmo os crentes caem nesta fábula. Soa mais ou menos assim: "Deus coloca tantas exigências em minha vida que não existe como cumprir todas elas. Deus é muito restrito. Ele é injusto e também não é realista. Tudo o que Ele deseja é que eu seja uma pessoa boa e chata. Deus não deseja que eu me divirta. Ele é um estraga-prazeres."

Para tais pessoas Deus é como se fosse um avô sentado no céu, testa franzida, olhando para nós aqui em baixo, só esperando que alguém tenha um momento de diversão para dizer: "Pare com isso" ou dizer "não" o tempo todo.

Esta fábula não é nova; é parte das primeiras palavras do diabo registradas na Bíblia.

Deus criou o Jardim do Éden que era o paraíso perfeito, olhou para Adão e Eva e disse: "Veja aqui: Eu estou colocando vocês no paraíso e vocês podem fazer o que quiserem. Podem comer do que quiserem comer, podem fazer o que quiserem fazer. Todavia, há apenas uma coisa que eu não quero que vocês façam. Há uma árvore no meio de milhares de árvores neste jardim, que eu não quero que vocês comam dela."

Mas o diabo torceu isto, como se Deus dissesse: "90% das árvores do jardim vocês não devem comer”. – Mas não foi isso que Deus disse, mas: “Vocês podem fazer o que quiserem. Há apenas uma maneira de pecar no jardim. Apenas uma." Deus fez o mínimo.

Por que Ele colocou uma única coisa que estava proibida? (prover capacidade de escolha).

Deus deseja que você O ame porque você escolheu amá-lo.

Portanto, Ele disse: “Aqui estão 99% de coisas boas que vocês podem fazer, mas esta é a única coisa que eu não quero que vocês façam."

Agora, de acordo com a natureza humana, quando não temos o 1%... corremos atrás. É como se fosse um sinal dizendo: "Não toque, tinta fresca." e você tem que colocar o dedo lá. É parte da natureza humana rebelar-se.

Se você põe crianças num quarto com muitos brinquedos e diz: "Brinquem com todos estes brinquedos, mas não ponham os seus dedos na tomada." O que é que elas farão? Com certeza vão colocar os seus dedos na tomada, levando choque.

Observe o que Deus diz em Gn. 2.16-17: "Ordenou o Senhor Deus ao homem dizendo: De toda a árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás."

Agora, Satanás vem um pouco depois e diz a Eva o seguinte: Gn. 3.1 - "Ora a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?"

Você pode ver o que foi que Satanás fez? Ele está trocando a verdade por uma mentira. Deus tinha dito: “Há apenas uma coisa que vocês não podem comer" e Satanás diz: "Não, Deus está dizendo que vocês não podem comer nada. ...Deus pôs vocês no paraíso, criou este desejo, e agora Ele é um sádico. Ele não deixará que você tenha nada."

Este é um VELHO ENGANO e muitas pessoas ainda caem nele em nossos dias.

Quantos de vocês são pais? Você já teve um filho para quem disse: "Quero que você se divirta, mas quero que você esteja de volta às 11 horas." Inevitavelmente o seu filho ou filha dirá: "Você nunca permite que eu me divirta." Você ouviu esta frase? Alguma vez você disse que não quer que seu filho se divirta? Não. Você tem proibido o mundo inteiro pra ele? Não. Você apenas disse: "Eu não quero que você faça apenas esta única coisa." E eles dizem: "Não é justo, você não me deixam sair." Isto é o que eles estão dizendo: "Você é um estraga-prazeres."

Ultimamente tenho dado ao meu filho alguns CD’s para o vídeo-game. No início desta semana demos à ele uma “manete”, um joystick. Agora, sexta-feira, vindo da escola com ele, precisei passar numa loja. Ele viu um brinquedo interessante e pediu que comprasse, eu não pude comprar e disse: “Hoje, não, filho”. E ele resmungou: “Você não é muito bom. Você nunca me dá nada”.
Agora, nós tratamos a Deus exatamente da mesma maneira. Deus nos tem concedido tantas dádivas, mas quando Ele põe restrições nas dádivas que nos concede, dizemos: "Oh, Deus não é justo. Ele não está sendo razoável. Não deveria haver nenhuma limitação para nós."

Bom, a verdade é que Deus não é injusto. A Bíblia mostra a verdade. Por favor, diga depois de mim: Deus é um Pai Compassivo. Aleluia!

ESTA É A VERDADE: DEUS É UM PAI COMPASSIVO 
Isto significa que Deus é motivado pelo amor (tudo o que faz e até mesmo quando diz “Não" a determinadas coisas, Deus o faz porque ama você).

O Salmo 145:9 diz: "O Eterno é bondoso para com todos e cuida com carinho de todas as suas criaturas." Ele é amoroso. Ele é gentil, Ele é generoso e tudo o que Deus faz por você, Ele o faz fruto de Sua compaixão, pois Ele ama você.

Tudo o que você tem na vida é uma dádiva de Deus e Deus diz: "Eu quero que você aproveite estas dádivas, mas não quero que você abuse delas. Não quero que você as use da maneira errada porque você acabará se machucando."

Por exemplo: A água é uma dádiva de Deus? Sim. Você não pode viver sem água. Aliás, seu corpo é 98% de água. Se você não tivesse água, você murcharia. A água é uma dádiva de Deus. Será que ela pode ser usada de maneira errada? Claro. Você pode se afogar nela se a usa de maneira errada.

O que dizer do fogo? Será que o fogo é uma dádiva de Deus? Sim. O fogo aquece, ilumina, cria um ambiente aconchegante, mas o fogo fora de controle, o fogo usado de maneira errada, pode queimar você. Ele é uma dádiva de Deus? Sim. Claro que é. Podemos usar comida de maneira errada? Sim, claro.

O sexo é uma dádiva de Deus? Há uma pessoa aqui que acabou de acordar só porque eu falei a palavra mágica. Sim, o sexo é uma dádiva de Deus! Será que ele pode ser usado de maneira errada? Claro. Agora, o que acontece é que as pessoas reclamam dizendo: "Deus é injusto. Ele nos dá a atração sexual e os desejos fortes e depois nos põe limites. Não deveria haver limites. Eu deveria ser permitido usar os meus impulsos sexuais da maneira como eu bem entendesse."

Você não acha que Deus sabe das coisas um pouco melhor do que você? Imagine: se todo mundo usasse o sexo da maneira como Deus planejou: Não haveria DOENÇAS VENÉRIAS, AIDS, SÍFILIS, GONORRÉIA, não haveria ABUSOS, ESTRUPOS, crianças e adultos sendo molestados, não haveria corações partidos, lares divididos por causa de infidelidade. Não haveria casamentos forçados, não haveria culpa, e nem vergonha. Você não acha que seria muito melhor se as pessoas seguissem as recomendações de Deus?

Se você observar que diz a Bíblia em Lm 3.22, 23: "A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã." Você perceberá que Deus sabe o que Ele está fazendo.

Deus diz, por exemplo, nesta área: "Quero que você tenha todo o sexo que quiser. É a minha dádiva para você." Mas Ele diz: "Eu insisto que você reserve ele apenas para a pessoa com quem você se casar, pois sexo sem compromisso é destrutivo." Ele diz: "Eu insisto nisto para a sua saúde emocional.

Mas as pessoas dizem: "Bem, Deus está sendo injusto." Não, Ele está sendo compassivo.

Escreva isso em algum lugar: “Quando Deus me diz não, é porque Ele me ama”. É porque Ele quer o melhor para mim. Não é porque Ele é mesquinho, cruel ou um estraga-prazeres, mas porque Ele realmente se importa com você.

Veja: o alvo de Satanás é convencer você de que obedecer a Deus e se divertir são duas coisas que não combinam, que são duas coisas opostas. E ele acrescenta: "Deus não ama você. Ele quer que você sofra. Ele não quer que você se divirta. Ele quer tirar de você toda a sua alegria."

Agora, se você pensar que Deus não quer que você seja feliz, você tem sido iludido pelo Diabo.

Veja estes versos, Sl 37.4: "Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração." Será que isto mostra que Ele é injusto? Não. Isto mostra que Ele é um estraga-prazeres? Não.

Veja mais este verso, 1Tm 6.17: "Aos que têm riquezas neste mundo mande que não sejam orgulhosos, nem ponham a sua esperança nessas riquezas, porque elas não dão segurança nenhuma. Que eles ponham a sua esperança em Deus, que nos dá todas as coisas em grande quantidade, para o nosso prazer." Será que ele mostra Deus como sendo alguém que tira a nossa alegria? Não. Ele criou o mundo para que você aproveitasse.

Rm. 8.32 NVI - "Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por nós, como não nos dará, juntamente com ele, gratuitamente todas as coisas”? Será que este verso mostra Deus como alguém que está querendo fazer você sofrer na vida? Não.

Veja mais este outro verso, Sl 84.11: "Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória: Não negará bem algum aos que andam na retidão." Em outras palavras, Deus não esconderá nada do filho que deseja obedecê-Lo e fazer o que é certo.

Deus é um Pai Compassivo. Ele ama conceder dádivas a você. Ele gosta de dar presentes aos seus filhos.

No Natal eu gosto de receber presentes, mas honestamente, eu tenho meu prazer maior é observar o meu filho abrir os presentes que dou para ele. Tenho grande alegria vendo ele aproveitar o que eu dou.

E Deus também gosta de observar você aproveitar o que Ele tem dado a você.

Esta é a razão porque na Bíblia, umas 20 vezes, Deus diz: "Peça. Eu quero que você peça.. peça e você receberá... busque e você encontrará... bata e a porta se abrirá." Deus diz: "Peça para a que sua alegria seja completa." Certa vez Jesus disse isto, Mt 7.11: "Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais o vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?" .

Conclusão 
Portanto, Deus não é injusto, mas Ele é compassivo e para cada “Não” que Ele diz, há milhares de "Sim".

Deus não é um Deus de proibição. Ele é um Deus de permissão, e Ele quer que você seja feliz.

Talvez você tenha crescido com um PAI QUE ERA INJUSTO, ou talvez você tenha crescido com um pai que tenha ferido você. Eu quero dizer-lhe: Eu sinto muito. Sinto muito que você tenha sido magoado.

Mas você tem um Pai Celestial que jamais ferirá você, nunca jamais Ele fará isso. Ele deseja ser o Pai que você talvez nunca tenha tido.

Deus é um Pai Compassivo. Tudo o que Ele faz relacionado a você, Ele o faz porque Ele ama você. Até mesmo quando Deus diz “não”, é porque Ele ama você. Ele é motivado pela compaixão.

Deus jamais mentirá para você. Ele jamais abusará de você ou usará você. Deus sempre mantém as suas promessas. Ele sempre faz o que é melhor para você. Ele é um Pai que está próximo e cuidadoso. Quando você cai nas jornadas da vida, Deus está lá para ajudar você e isso representa muito para Ele. Não é um incômodo.

Mas Deus faz isso porque Ele ama você e Ele é um Pai cheio de graça. Não importa quem você seja, ou o que você tenha feito, Deus perdoará você, aceitará você e amará você como você nunca foi amado por alguém.

Agora, será que Deus é o seu Pai?
Será que todos aqui são filhos de Deus? Bem, a resposta é sim e não. Quero que saiba que Deus é o Criador de todos os que estão aqui nesta noite, mas Ele não é o Pai de todos à menos que você tenha dito: "Deus, quero ser parte da Tua família."

É uma questão de escolha. Jesus disse: “Ninguém vem ao Pai a não ser por mim."

Domingo passado, alguns de vocês disseram: "Eu quero que Jesus Cristo venha em minha vida e eu desejo desenvolver um relacionamento com Deus, o Pai." Hoje, eu desafio você a fazer isso agora mesmo. Hoje é o seu dia de tornar-se filho de Deus!

Vamos encerrar com uma oração. Diga isto em seu coração como uma oração a Deus: (música no CD Player).
Querido Deus, quero que Tu sejas o meu Pai e eu desejo ser parte da Tua família. Quero aprender a depender de Ti da mesma maneira que uma criança depende de seu pai. Obrigado porque Tu és compassivo. Tu me perdoas e me aceitas quando eu erro. Obrigado por teres enviado a Jesus a fim de me perdoar e me tornar filho de Deus. É no nome de Jesus que eu oro. Amém.

Quantos fizeram esta oração? ...por favor, pegue o cartão-resposta e registre essa data!
Quero que vocês prossigam em oração. (ministração)

A Bíblia diz para nós termos compaixão das pessoas. Diz para amarmos aqueles que sofrem.

Será que há pessoas aqui que cresceram sem pai? E sentem falta até hoje? ...se há alguém, Deus tem uma bênção especial para vocês. Venham orar comigo aqui à frente (somente aquelas pessoas que cresceram sem pai). 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar